Solidariedade mundo afora com a rebelião grega

[A seguir um informe parcial das atividades no ?Dia Internacional de Ação? em solidariedade a rebelião popular na Grécia e contra os crimes e assassinatos cometidos pelo Estado em todo o mundo, que aconteceu neste último sábado (20).]

Argentina

Buenos Aires: por volta das 2h30 da madrugada de sábado, anarquistas detonaram dois explosivos na porta de entrada da embaixada grega.

Brasil

São Paulo (SP): foi realizada uma concentração em frente ao edifício onde está localizado o Consulado da Grécia, e estendida uma faixa na sacada do prédio com a frase: ?Governos respeitam a vida? Pense nisso?. Também foram distribuídos folhetos informativos.

Fotos:  http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2008/12/435749.shtml

Belo Horizonte (MG): colagem de cartazes pelo centro da cidade.

Fotos:  http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2008/12/435833.shtml

México

Cidade do México: Perto de 100 pessoas se reuniram diante da Embaixada da Grécia em apoio à resistência grega e em repúdio ao assassinato do jovem Alexandros Grigoropoulos.

Fotos:  http://www.kaosenlared.net/noticia/desde-mexico-df-justicia-para-alexandros-viva-revuelta-popular-griega

Estados Unidos

São Francisco: aproximadamente cem pessoas realizaram uma manifestação bastante agitada no centro da cidade, com faixas, bandeiras, pichações... Seis pessoas foram presas por ?vandalismo?.

Fotos:  http://www.indybay.org/newsitems/2008/12/21/18555981.php

Nova York: reunião em solidariedade com os rebeldes gregos na New School University ocupada.

Boston: anarquistas organizaram uma marcha pelo centro da cidade, tomada pela neve. A polícia fustigou o protesto em vários momentos da passeata.

Portland: cerca de 40 pessoas marcharam pelas ruas no centro da cidade, numa noite de sábado carregada de neve, em solidariedade com a insurreição na Grécia e contra a repressão de Estado em todas as partes.

Fotos:  http://portland.indymedia.org/en/2008/12/383949.shtml

Modesto: aproximadamente 25 pessoas tomaram às ruas do centro da cidade. Os manifestantes seguraram uma faixa grande em que se podia ler: "Solidariedade Com a Grécia! Pela Resistência Global!"

Toledo: Perto de 20 anarquistas se manifestaram pelo centro da cidade, debaixo de muita neve, em solidariedade com os companheiros gregos, e também para protestar contra a brutalidade da polícia na cidade.

Fotos:  http://news.infoshop.org/article.php?story=20081220145242630

Denver: foram espalhados alguns banners em solidariedade com a luta na Grécia em pontos estratégicos da cidade.

Tacoma: dois postos da Shell e da Chevron foram atacados e pichados com mensagens de solidariedade à luta na Grécia.

St. Louis: aproximadamente 40 pessoas organizaram um ato na Cidade Universitária.

Kansas City: a Embaixada do México foi pichada em solidariedade com as lutas na Grécia. Também foram pichadas frases alusivas a Chiapas.

Rochester: Estudantes para uma Sociedade Democrática organizaram uma marcha no centro da cidade para apoiar a rebelião que acontece na Grécia. Foi entregue um comunicado aos meios de comunicação corporativos, condenando o assassinato de Alexandros Grigoropoulos, e que a mídia local cubra os protestos na Grécia.

Carrboro: foram fixadas em pontos movimentados da cidade faixas de solidariedade com a rebelião atual na Grécia.

Fotos:  http://news.infoshop.org/article.php?story=20081221194616115

Suíça

Zurique: cerca de quarenta anarquistas arremessaram bombas de tinta e ocuparam o consulado grego.

Alemanha

Hamburgo: cerca de mil pessoas se reuniram numa passeata para se manifestar sob o lema "solidariedade é uma arma", o plano inicial era marchar desde a universidade até a estação central ferroviária. No entanto, a marcha foi interrompida pela polícia depois que foram lançadas garrafas e foguetes. Uma vez dissolvida a manifestação, pequenos grupos de participantes da mesma se dirigiram ao centro da cidade, onde atacaram membros da polícia e atearam fogo a contêineres de lixo.

Fotos:  http://de.indymedia.org/2008/12/237139.shtml

Offemburg: aproximadamente quarenta pessoas demonstraram no centro da cidade sua solidariedade com a revolta na Grécia. Foram distribuídos folhetos aos transeuntes.

Estrasburgo: concentração na frente do consulado grego, e distribuição de folhetos informativos, pichações foram feitas em algumas ruas da cidade.

Sibéria/Rússia

Barnaul: apesar do intenso frio, aconteceu uma manifestação pelo centro da cidade, que foi duramente reprimida pela polícia. Aproximadamente 10 pessoas foram presas.

Irkutsk: anarquistas distribuíram folhetos na Universidade Politécnica.

Tyumen: anarquistas ergueram uma bandeira preta no telhado de edifício abandonado do Instituto Técnico Construção de Máquinas e folhetos informativos foram distribuídos para as pessoas.

São Petersburgo: um banco foi atacado com bexigas de tinta. Os anarquistas também deixaram no local folhetos contra a violência de Estado.

Irlanda

Dublin: manifestação de rua em solidariedade com os rebeldes gregos. Cerca de cinqüenta pessoas participaram com faixas e bandeiras.

Fotos:  http://www.indymedia.ie/article/90269

Dinamarca

Copenhague: manifestação agitada na frente da embaixada da Grécia.

Chipre

Nicósia: manifestação de solidariedade no centro da cidade.

França

Toulouse: aproximadamente cem pessoas participaram de um ato em solidariedade com os rebeldes gregos, que acabou se convertendo numa manifestação de desempregados e de precários em luta, ao final do ato 300 pessoas bloquearam as entradas da Megastore Virgem.

Montauban: distribuição de folhetos em solidariedade com as lutas na Grécia no centro da cidade.

Paris: grupos de anarquistas distribuíram folhetos pelo centro da cidade.

Lyon: manifestação agitada com aproximadamente cem pessoas até a prefeitura, pichando lojas e explodindo fogos de artifício.

Islândia

Reykjavik: manifestação com faixas no centro da cidade.

Fotos:  http://athens.indymedia.org/front.php3?lang=el&article_id=951946

Inglaterra

Londres: o Centro de Cultura Helênica foi atacado com tinta vermelha.

Itália

Perugia: o Consulado grego foi atacado com bombas de tinta.

Nápoles: manifestação no centro da cidade.

Roma: a Embaixada grega foi atacada com um explosivo.

Milão: manifestação de rua agitada em solidariedade com os rebeldes gregos.

Fotos:  http://lombardia.indymedia.org/node/11853

Lecce: marcha pelo centro da cidade.

Fotos:  http://athens.indymedia.org/front.php3?lang=el&article_id=953039

Bologna: bomba contra o Banco Unicredit.

Espanha

Valladolid: entre 80 e 100 pessoas se reuniram na Praça Fuente Dorada para mostrar sua solidariedade com a revolta na Grécia, assim como com os detidos de Madri, Grécia e de todas partes do mundo.

Bilbao: foi organizada uma concentração na Praça Unamuno, com a assistência de cerca de 30 pessoas. Foram distribuídos folhetos aos passantes. No final foram afixadas faixas na Praça.

Barcelona: centenas de pessoas participaram da manifestação em apoio a rebelião grega. a polícia reprimiu o protesto e algumas pessoas foram detidas.

Turquia

Istambul: manifestação com centenas de pessoas pelo centro da cidade em solidariedade com a rebelião grega.

Fotos: www.ahali.info

Ankara: manifestação pelas ruas centrais da cidade, até a Embaixada grega, cercada por um grande contingente policial.

Fotos:  http://istanbul.indymedia.org/news/2008/12/253091.php

Eslovênia

Lubiana: manifestação no centro da cidade.

Fotos:  http://foto-infoshop.blogspot.com/2008/12/shod-protesta-in-solidarnosti-danes.html

 http://foto-infoshop.blogspot.com/2008/12/fotogalerija-02-shod-danes-grija-jutri.html

Sérvia

Belgrado: concentração em frente ao Consulado grego e pichações pela cidade.

Fotos:  http://inicijativa.org/grcka/node/46

Croácia

Zagreb: concentração em frente à embaixada grega.

Fotos:  http://masa-hr.org/content/solidarnost-s-grckom-akcije-podrske-u-hrvatskoj

Portugal

Amadora: foram entregues folhetos aos transeuntes, e feitas algumas pichações, e deixada uma faixa na Amadora, em solidariedade com a revolta estudantil grega.

Fotos:  http://nel-a.blogspot.com/

Lisboa: uma manifestação de solidariedade seguiu até o Terreiro do Paço. Pelo caminho, parou-se o trânsito, picharam-se bancos, lojas e um carro da polícia com mensagens de apoio à insurreição que se sente e vive na Grécia desde a morte de Alexis Grigoropoulos.

Fotos:  http://contraocapital.blogspot.com/2008/12/lisboa-manifestao-de-solidariedade-com.html

Austrália

Melbourn: foi organizado um ato de rua.

Fotos:  http://athens.indymedia.org/front.php3?lang=el&article_id=952058

-----------------------------------
agência de notícias anarquistas-ana

sonho colorido
o sol dança com a lua
você comigo

Carlos Seabra