-consumir o menos de plástico possível. O plástico demora séculos para se decompor na natureza. Se for ao super-mercado, farmácia, padaria, ou onde for, comprar apenas poucas coisas, não pegue o saco plástico, carregue na mão ou em sua bolsa ou mochila.
* * *
-não consuma esses leites longa vida. Além desse leite não ter o mínimo que um leite era para ter (não tem cálcio possível de ser absorvido pelo organismo, não tem lactobacilos vivos, etc.) a embalagem, essas que chamam de tetra-pack (as mesmas embalagens de Todynho, e alguns sucos por aí), ou algo parecido, demoram de 500 a 600 anos para se decompor na natureza. Ou seja, se Pedro Álvares Cabral tivesse desembarcado no Brasil, tivesse tomado um Todynho e jogado a caixinha na areia, provavelmente ela ainda estaria lá.
* * *
-pare de comer alimentos transgênicos e/ou com agrotóxicos imediatamente! Esses alimentos, além de fazerem um mal horrível para o organismo, podem ter consequencias desastrosas para a natureza (que eu acho que não é preciso nem dizer quais são né, ou preciso?).
* * *
-ande o menos de carro possível. Ande a pé, de bicicleta, mas evite o máximo andar de carro. E se for, dê caronas, evitando de um número enorme de carros com apenas uma pessoa dentro circule, que além de descongestionar o trânsito, polui menos a atmosfera e não contribui para as grandes empresas petrolíferas, as milonárias empresas petrolíferas, que sempre derramam milhões de litros de óleo nas baías, mares e rios mundo afora.
* * *
-parar com a "cultura do descartável" (usou, jogou fora). Reutilize os objetos, utensílios. Disquetes velhos, quebrados, por exemplo, podem servir de porta-lápis, é só arrumá-los e colá-los de forma a fazer uma caixa sem tampa; tudo pode ter um reaproveitamento, é só usar a criatividade. Usar o papel por inteiro, todas as partes; não jogar fora o papel caso erre na primeira linha (eu juro que vejo um monte de gente fazer isso), apague e escreva de novo. Quilometros de florestas são devastadas por apenas desleixo de certas pessoas como essas.
* * *
-evitar usar papel branco. O processo de embranquecimento do papel é feito com cloro, um processo altamente tóxico e poluente. Ao invés disso, procure papéis não clorados, papéis que são mais "amarelos", um pouco mais escuros, que são mais bonitos e não agridem tanto os olhos quanto o papel branco; ou, se possível, papel reciclado.
* * *
-óbvio, separar o lixo orgânico do lixo reciclável. E se sua cidade não tiver um programa de reciclagem, mobilize-se e arranje soluções para coleta seletiva do lixo e reciclagem, com grupos independentes (afinal, a gente não precisa de um governo pra fazer as coisas), etc.
* * *
-procure sempre novas informações sobre o que se pode ser feito
* * *
-e, é claro, divulgue todas as informações conseguidas
* * *

Esse é um início, um bom início, (parafraseando o Midia Independente)para uma sociedade livre, igualitária e que RESPEITE O MEIO AMBIENTE, sem hierarquias ou desigualdades.
Saudações verdes e libertárias

"A Terra não pertence ao Homem, o Homem pertence à Terra"
"Não nadamos contra a corrente. Apenas trazemos o futuro para o presente"