A importância dos professores na sociedade moderna

Durante cinco dias, notei uma diferença no comportamento do meu filho de 3 anos. Ele estava desobediente, agressivo e rebelde. Todos os dias, pensava que era passageiro e logo acabaria. Vendo que não passava, no quinto dia decidi falar com ele. Coloquei-o de frente a mim, olhei olho no olho e fui fazendo perguntas simples e diretas como: está com raiva da mamãe? ele foi respondendo não, até que descobri que tinha acontecido algo na escola. Foi um ato agressivo de um outro colega, do qual ele muito gostava que o fez ficar magoado. Falei para a professora e ela foi muito cooperativa, chamou o colega e pediu que ele se desculpasse e abraçasse o meu filho. Depois desse dia, meu filho voltou a ser carinhoso e obediente como antes.

Parece bobagem para nós adultos, mas as crianças tem uma sensibilidade muito grande. Um simples empurrão de um colega na escola, provocou uma mudança radical de comportamento que se eu não tivesse identificado poderia permanecer pelos próximos anos de sua vida. Se eu o tivesse punido com castigos ou batido nele, não teria resolvido, pois somente o diálogo cura.

Vivemos num mundo frenético. Não temos mais tempo de se preocupar com alguns detalhes que fariam a diferença para uma qualidade de vida mais alta. Muito obrigada, desculpa-me, eu te amo com sinceridade, são frases pouco usadas hoje.

A criança que em gerações anteriores pouco via o pai porque ele sustentava a casa, agora também perdeu a mãe. As mulheres hoje buscam a realização profissional e também querem aumentar a renda familiar. Isso significa que dependemos de instituições educacionais ou babás para cuidar dos nossos filhos durante a maior parte do tempo. Quando chegamos em casa, estamos cansados e muitas vezes os nossos filhos pequenos já estão dormindo. De onde está vindo a formação moral dos nossos filhos?

A maioria das crianças do pré-escolar tendem a passar tempo integral na escola. Adolescentes tendem a passar tempo parcial e a outra metade do tempo talvez fiquem com irmãos mais velhos ou diaristas. O que eles fazem durante esse tempo sem orientação de seu responsável?

A televisão é a caixa com vozes e imagens que faz companhia, oferecendo diferentes programas para mentes a partir de alguns meses de vida. O video game e Internet são opções bem populares para jovens que querem embarcar no mundo virtual e se afastar da realidade. Quais são os valores que eles estão aprendendo com novelas/filmes/séries, jogos virtuais e bate-papos?

Ainda existem pais que saem com os filhos para os parques naturais, mostrando por exemplo, o quanto é bonita a chuva que cai iluminando como gotas de luz uma elaborada teia de aranha. Por tempo integral nos finais de semana os filhos podem receber afeto e amor, mas o que acontece de segunda à sexta nos deveria preocupar. Temos que trabalhar, ao mesmo tempo temos que garantir que os nossos filhos estejam recebendo a melhor educação com os melhores educadores.

Eu sou uma mãe que valoriza a importância dos professors no futuro da humanidade. Eles passam grande parte do tempo com os nossos filhos e ensinam conceitos que os ajudará a sobreviver no mundo civilizado. Infelizmente, após ter lido inúmeras reclamações do corpo docente nos jornais, me preocupo como essa frustração poderá afetar a qualidade de ensino do meu filho mais cedo ou mais tarde. A sociedade esqueceu de privilegiar os professores e participar ativamente no conteúdo disciplinar.

O atual sistema educacional é incompleto tanto nas escolas públicas como nas particulares. Existem escolas que ensinam filosofia e sociologia, mas a mensagem acadêmica acaba se perdendo nas provas objetivas que pecam em cultivar a curiosidade positiva de questionar e criticar. Ensinando não só o significado do furto de coisa pública e privada, mas seu efeito nocivo escalando por toda a comunidade. Estabelecendo a solidariedade e o respeito ao próximo como bases de uma sociedade justa. Definindo o obrigado e desculpa como palavras essenciais na formação de um líder sábio. Explicando que o fracasso maior é não saber se levantar depois de uma derrota e ter coragem para conquistar novas vitórias. Essas matérias assumem caráter complementar do papel moral dos pais, ao contrário da televisão que fabrica indivíduos alienados como máquinas de consumo.

Precisamos manter a confiança de nossos filhos em nós. Conversando com eles regularmente para conhecê-los melhor. Precisamos cuidar de seus interesses, pois eles são os nossos clientes mais importantes. Eu gostaria de ver daqui a alguns anos meus filhos me educando com assuntos de interesse fundamental no nosso quotidiano. Como por exemplo, uma escola visita um supermercado com um grupo de alunos e professores, compram alguns produtos e depois levam para a sala de aula. Comprar comida é algo que todos fazemos regularmente então parece algo banal. Mas e se essa experiência fosse analisada em contextos diferentes? Durante a aula de biologia, o professor analisa os rótulos dos produtos e comenta o número de produtos químicos usados na conservação dos produtos e os seus efeitos para a saúde. O professor de ecologia ilustra os diferentes tipos de embalagens, gerando uma enorme quantidade de lixo a curto prazo que polui a natureza a longo prazo. O professor de sociologia, discute os direitos dos consumidores e o que podem fazer no caso de comprarem um produto estragado. Promover um ensino com visão global para ajudar o estudante a entender a necessidade de estudar todas aquelas matérias, porque no final elas se complementam.

Sabemos que o ensino médio no Brasil tem a carga horária de um turno. O último ano do ensino médio se concentra exclusivamente não em preparar o aluno para o mundo da universidade ou mercado de trabalho, mas o prepara para fazer uma prova de vestibular e garantir que fique à frente dos outros candidatos na corrida pelas poucas vagas. As escolas modernas se concentram muito em fazer o aluno passar para o vestibular, com suas questões objetivas, as quais fazem somente atrofiar a capacidade do indivíduo de raciocinar e expor as suas idéias e opiniões. Onde estão as argüições e provas naquilo que será o mundo prático no mercado de trabalho? Seria mais produtivo fazer com o que o jovem passe tempo integral na escola, onde um turno se dedique à teoria e no outro prática de alguma desejada profissão para ajudar na escolha do curso universitário.

Esse é um apelo ao ministério da educação para entender melhor a necessidade de nossos jovens. Se os pais não tem mais tempo, os professores são peças fundamentais nesse processo. Precisamos de professores qualificados, os quais precisam ser remunerados à altura de sua grande responsabilidade. Os professores exercem a profissão mais importante do mundo aquela de ensinar todas as outras profissões!