06/11/2012 Publicado na(s) categoria(s): Cidadania Cultura Imprensa

"Uma Reportagem, Duas Sentenças - O Caso do Jornal JÁ" é o título do livro que o jornalista Elmar Bones

O livro é a versão resumida de um relatório enviado ao Article 19, organização internacional que se dedica à proteção e promoção da liberdade de expressão e informações. Eles viram o caso do JÁ na internet e se interessaram - parece um caso exemplar de censura. O recurso a uma corte internacional é a última possibilidade que resta à empresa que edita o Jornal JÁ para reparar um dano que se torna irreversível, o estrangulamento da JÁ Editores - uma experiência jornalística de 25 anos.

Este estrangulamento decorre de dois processos por causa de uma reportagem publicada em 2001. Um processo penal acusou Bones dos crimes de calúnia, injúria e difamação. Foi absolvido, até elogiado pelo promotor e pela juíza. Uma ação civil, pela extinta Lei de Imprensa, que chegou a ser arquivada, acabou por condenar a empresa JÁ Editores por dano moral, por ter publicado... a mesma reportagem!

A reportagem tratava da maior fraude já ocorrida no Rio Grande do Sul envolvendo uma empresa pública, a CEEE. O livro reproduz a reportagem, relata os processos judiciais, descreve resumidamente a trajetória do jornal, exibe os documentos que serviram de fonte ao trabalho e registra a indignação de Elmar Bones com este caso, que ganhou repercussão nacional três anos atrás, quando a empresa sofreu intervenção judicial.