Putzgrila! Por que será que colocam televisores em tudo quanto é sala de espera? Poderiam, pelo menos, deixá-las com volume baixo (atualmente as tevês têm um recurso para inserir legendas nos programas: o chamado closed caption, ou outro estrangeirismo parecido).

Por causa desse vício de meterem televisão nas antessalas de consultórios, barbearias etc., sinto a maior dificuldade pra me concentrar em minhas leituras. E ainda sou obrigado a ouvir estultices de apresentadores elitistas. Foi o que me aconteceu na última sexta-feira pela manhã.

A tevê estava ligada no programa Mais Você, da Rede Globo. Estava sendo promovido um concurso para escolher o melhor cachorro-quente dentre os preparados pelas pessoas convidadas. Daí a apresentadora Ana Maria Braga se voltou para a câmera e disse aos telespectadores: Sabe qual é o meu cachorro-quente preferido? Se um dia vocês tiverem oportunidade de ir a Nova Iorque devem experimentar: é o vendido no Central Park.

Depois de soltar essa pérola, a dondoca completou: Se vocês trabalharem bastante, um dia vão poder ir lá.

O brasileiro que, durante toda a vida, nunca teve grana para ir a Nova Iorque não passa de alguém que não trabalhou o suficiente? E o que dizer dos cortadores de cana cuja jornada de trabalho chega a 12, 14 horas ou mais? Nenhum deles tem dinheiro para ir aos Estados Unidos. Será se deveriam trabalhar mais ainda? Vale lembrar: volta e meia algum deles morre de exaustão, e ainda não inventaram um jeito de trabalhar depois da morte...

Quase toda semana, em minha cidade, me deparo na rua com pessoas catando lixo para comer. Em que mundo vive essa Ana Maria Braga para nos sugerir comer cachorro-quente nos EUA? Muitos de seus espectadores não tem dinheiro nem pro aluguel... Vivemos num país em que até pão anda faltando nos lares. Nesse contexto é como se a apresentadora global nos dissesse: Se não têm pão, que comam hot dog.

Diz-se que, na França, Maria Antonieta (1755-1793) teria dito a frase: Se o povo não tem pão, que coma brioches. Maria Antonieta acabou guilhotinada. Já sabemos, no entanto, que Ana Maria Braga não perderá a cabeça. Mas bem que ? pelo menos ? poderia perder a audiência, não é mesmo?