Temos atuantes neste espaço virtual dois CHIC_ANEIROS da pior espécie, que superlotam a coluna de publicação aberta com seus textos imbecis e desconexos que visam pura e simplesmente a promoção da mais porca chic_anagem.

Os dois "adevogados", portas-de-cadeia, atendem pelos nomes de Júlio C. Fort_es, o vagabundo que quer ficar rico às custas da Eternit, e Fábio de Oliveira Ribeiro, que lança artigos propositalmente imbecis no CMI de forma a criar desafetos intencionais com a intenção de processá-los e levantar algum troco.

O ráb_ula de Osasco já tentou, em vão, processar a prefeitura daquele município em troca de algumas moedas. Não deu certo, e então resta as intimidações desesperadas em troca do nome completo e do CPF de seus desafetos, os quais ele pretende processar para poder sobreviver.

Já o rábu_la de Minaçu, que responde uma série de processos por crimes que vão de roubo de automóvel à xingar juízes, já tentou ficar rico processando o Google e agora volta à carga contra as empresas que vendem telha de amianto. Muito preocupado com as causas sociais, o acreano canalha tenta ficar rico tomando dinheiro de forma oportunista.

O CMI coaduna com a chican_agem.

Nota: As palavras intercaladas com o símbolo "_" visam burlar o filtro do CMI.