A partir do ano 2001, famílias sem casa foram ocupando o terreno a partir de uma informação de que o terreno havia sido penhorado pelo INSS em 2001 por conta de dívidas da empresa que teve falência decretada. Muitas compraram de boa fé o terreno e nele construíram suas casas. O local já tem ruas, uma pequena praça, igreja, comércio e as casas são de alvenaria, embora seus moradores não conseguiram ainda regularizar o fornecimento de água pela Sabesp. Os moradores constituíram advogado e vinham na Justiça lutando para obter o usocapião da área, sem sucesso. O Jardim da Glória, como passou a ser reconhecido o local, fica próximo da antiga fábrica da ex-metalúrgica Gazarra onde deverá ser instalado o campus da Unifesp, a universidade federal já anunciada para a região.

Em reunião realizada neste feriado de 15 de Novembro de 2012, moradores da Comunidade da Vila da Glória, em Itaquera, discutiram estratégias para enfrentar o risco de ter a execução da reintegração de posse decretada ,após julgamento que deu ganho de causa à empresa que se apresenta como proprietária da área em que moram centenas de famílias.

Agradecemos, O contato para acompanhar se quiser poderá ser feito por mim ou por Padre Paulo que esta na cópia.

Atenciosamente.

Antonio Sérgio Moreira Lima
Cel 011-9 9773-7684
 antserginho@Hotmail.com
@assocmorad.jd helian (facebook)

Padre Paulo Sérgio Bezerra
011-2205-6270
011-987352207
paulosergio.bezerra (facebook)
 pe.paulob@terra.com.br