Segue a declaração, traduzida do inglês, que Jeremy Hammond publicou julho passado defendendo sua posição. Do site  http://youranonnews.tumblr.com/post/27859335364/23-july-2012-statement-from-jeremy-hammond

Obrigado a todos pelo apoio! Foi muito bom saber que as pessoas saíram às ruas em solidariedade comigo. Agradecimentos especiais a todos aqueles que enviaram livros e cartas e aos meus maravilhosos advogados.

Lembro que apenas alguns meses antes de ser preso, participei de protestos barulhentos na prisão federal de Chicago em apoio aos presos. Vi os prisioneiros se movimentarem nas janelas, ligarem e desligarem as luzes, e jogarem cartas pelas frestas das janelas. Não sabia que em breve eu também estaria atrás daquelas grades, acusado de múltiplas "conspirações" de hacking.

Agora, no centro correcional de Nova Iorque, quando outro dia jogava xadrez um outro prisioneiro chegou correndo e disse, "Tem umas 50 pessoas lá fora carregando cartazes com o seu nome!" E realmente ali estavam vocês todos com luzes, cartazes e tambores debaixo da minha janela no 11º andar. Talvez vocês não tenham conseguido escutar ou ver a gente, mas mais de cem homens nesta unidade viram vocês e quiseram saber quem vocês eram, porque estavam ali e se sentiram rejuvenescer sabendo que tem gente lá fora que se importa.

Enquanto prisioneiros neste estado policial - mais de 2.5 milhões - somos silenciados, marginalizados, explorados, esquecidos e desumanizados. Primeiro somos julgados e sentenciados pela "justiça", depois tratados como cidadãos de segunda pela sociedade. Mas até o diretor do sistema correcional de Nova Iorque admitiu com uma honestidade surpreendente que "a única diferença entre nós policias e vocês prisioneiros é que nós ainda não fomos pegos."

Chamam a gente de ladrão e fraudulento quando os grandes bancos recebem bilhões de dólares e nos tiram as casas.
Chamam a gente de traficantes de armas e drogas quando as corporações farmacêuticas e os responsáveis pela defesa lucram do tráfico de armas e drogas a uma escala muito maior.
Chamam a gente de terrorista quando a NATO e o exército dos Estados Unidos assassinam milhões de inocentes em todo mundo, e usam armamento de precisão e táticas de tortura.
E nos chamam ainda de ciber-criminosos quando eles próprios desenvolvem vírus para espiar e declarar guerra contra infraestruturas e populações em outros países.
Sim, sou um dos muitos pelo mundo acusados de ser afiliados com o grupo de hackers Anonymous.
Um dos muitos aqui no sistema prisional de Nova Iorque acusado de "conspiração" com base nas declarações de informantes do governo que dizem qualquer coisa e vendem qualquer um para livrar sua cara.
E esta prisão é uma entre dezenas de outras, incluindo centros de detenção para imigrantes, que um dia serão reduzidas a ruínas cobertas de musgo.

Não deixem que o medo de ser preso impeça que vocês falem o que pensem e continuem lutando. Silenciar o nosso movimento é exatamente aquilo que eles esperam conseguir com estes processos politicamente motivados. Eles podem parar alguns de nós, mas não conseguirão parar todos.

Obrigado a todos pelo apoio.
Continuem fazendo barulho!

----

Doações para a defesa de Jeremy:  https://www.wepay.com/donations/125509
Se quiser escrever para Jeremy e mostrar sua solidariedade:

Jeremy Hammond 18729-424
Metropolitan Correctional Center
150 Park Row
New York, New York, 10007