Em sua fala na 10ª noite da Ashoura, no complexo Sayyed Al-Shuhadaa, no subúrbio no sul de Beirute, Xeique Zein criticou as tentativas de apresentar o Irã como inimigo, quando o inimigo é a entidade sionista.

Lembrou também que o inspirador da revolução iraniana, o Imã Khomeini, expulsou de Teerã os sionistas e convidou os palestinos a instalar embaixada palestina na República Islâmica.

"A voz dos expulsos é a voz que apresenta o Irã como inimigo" - disse ele.

Xeique Zein destacou que cristãos e muçulmanos no Líbano devem manter-se unidos na defesa de cada grão de terra libanesa. Destacou também a importância, por um lado, da unidade islâmica de sunitas e xiitas como um só corpo e, por outro lado, a importância da unidade nacional entre muçulmanos e cristãos.

Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu