....

04/09/2012

Três jovens que morreram no morro da Nova Cintra em Santos, no litoral de São Paulo, na noite de domingo. A Polícia Militar disse que eles foram baleados depois de atirar contra a PM. Moradores acusam a polícia de execução.

Os corpos de Igor Aparecido da Silva Soares, de 19 anos, e Willian Cesar da Silva Oliveira, de 18 anos, chegaram depois. ?Justiça, aqui é uma mãe que implora, que chora, pela morte do meu filho e de dois adolescentes que estão ali?, diz a mãe de Igor, Laudicéia Barbosa da Silva.

Emocionada, a mãe de Igor chegou a desmaiar e não acompanhou o enterro porque foi levada inconsciente ao hospital. A mãe de William, o outro rapaz assassinado, também passou mal durante o enterro. Amigos e parentes dos jovens estavam revoltados. ?Se acharam alguma coisa com eles ou não, eles tinham que levar para o distrito e não executar?, diz uma pessoa próxima aos jovens que não quis se identificar.

10 de Abril de 2010

Por volta das 23:30, na Rua A, em frente ao número 351, na Vila Glória, onde o DJ Felipe morava. Enquanto o MC e o DJ aguardavam a carona, dois indivíduos em uma moto de cor escura pararam no local.

Felipe Boladão (camiseta vermelha) morava em São Vicente e Felipe da Silva (camiseta verde) na Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ambos tinham vinte anos de idade quando foram assassinados. DJ Felipe era o DJ do MC Felipe Boladão, eles faziam shows juntos e eram grandes amigos.


Estavam indo para mais um baile funk na cidade de São Paulo, quando suas jovens carreiras e vidas foram interrompidas para sempre.

19 de abril de 2012

O cantor de funk MC Primo morreu após ser baleado no final da tarde desta quinta-feira no bairro Jóquei Clube, em São Vicente.

MC Primo foi atingido com 5 tiros, segundo informações. Ele chegou a ser levado para o Hospital Crei de São Vicente, mas não resistiu aos ferimentos. Dentre as músicas conhecidas estão ?Diretoria?, ?Máquina de Fazer Dinheiro? e ?Longe de Mim?.

12 de abril de 2012

Eduardo Antônio Lara, o Duda do Marapé, foi assassinado com nove tiros sob o elevado ao lado da Rodoviária de Santos, em uma região conhecida como Cracolândia

Um ano após a morte do cantor, a Polícia Civil ainda não tem pistas de quem o matou.

25/06/20012

Na cidade de Santos ocorreu o julgamento de um policial que está sendo acusado de assassinar nove jovens na baixada Santista. Resultado: nada ficou provado, nada foi esclarecido para os parentes das vitimas, devido a insuficiência de provas.

08 de outubro de 2012

Sete pessoas foram mortas em um espaço de 20 horas no distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá. No fim de semana, os crimes voltaram a se repetir, ocasião em que mais sete pessoas foram mortas.

19/07/2012

Em Santos, um carro com seis jovens não parou em uma blitz. O motorista não tinha habilitação e acelerou tentando escapar. A polícia foi atrás e disparou, pelo menos, 25 tiros. Dois rapazes que estavam no banco de trás foram atingidos. O estudante Bruno Vicente de Golveia, de 19 anos, morreu.

Os PMs afirmam que atiraram porque ouviram tiros e acharam que estavam sendo alvejados. Segundo a polícia, duas armas foram encontradas dentro do carro. O pai da vítima, João Viana, não acredita: ?Como é que vai haver um cerco e eles vão dar tiros? Como apareceram dois revólveres que não se sabe da onde? Todos os tiros partiram de fora para dentro?, diz.

11 de Abril de 2011

Pelo menos 10 pessoas foram baleadas na madrugada deste domingo na Baixada Santista. Uma delas morreu. Segundo dados da Polícia Militar, foram seis registros em São Vicente e quatro em Santos. Todos os casos ainda estão sendo apurados.

Não acaba, a lista é enorme, sem contar os que não aparecem como estatística. Paramos pro aqui, porque a ideia não é ser o Datena, mas sim, denunciar este massacre que acontece diante de nossos olhos, e não pode ser tido como algo natural.