A Corte Marcial de Manning, de 24 anos, acusado da mais grave violação da história dos Estados Unidos, estava programada para ir a julgamento em 4 de fevereiro.

Mas a juíza Denise Linde anunciou durante uma audiência preliminar, realizada na base de Fort Meade (Maryland, ao norte da capital), ser necessário mais tempo para analisar os movimentos da defesa e da acusação.

O julgamento pode durar cerca de seis semanas. A corte marcial poderia começar entre 6 e 18 de março, dependendo do ritmo dos processos judiciais, segundo a juíza.

O jovem é acusado de vazar, entre novembro de 2009 e maio de 2010, documentos secretos militares dos Estados Unidos ao site WikiLeaks, provocando uma tempestade diplomática internacional.

Se for condenado por todas as 22 acusações que enfrenta, incluindo de "ajudar o inimigo", pode receber a pena de prisão perpétua.