Que coisa mais esdrúxula esta matéria do "The Economist" inglês pedindo a saída do Mantega e chamando a Dilma de "intrometida". Para começar o tom tendencioso é de quem tá perdendo dinheiro em investimentos e quer culpar o governo brasileiro. Mais, não é bem o estilo da publicação pedir a cabeça de Ministros de Estado de outros países. Ainda mais que a imprensa inglesa não anda com um cartaz muito bom após o escândalo Murdoch. E sendo da decadente Inglaterra, que teve e terá PIB decrescente nestes anos...

A impressão que dá é que combina mais com MATÉRIA PAGA política. Neste caso, fecha com o comportamento da nossa própria imprensa golpista.

Pergunta idiota: Quem pagaria por um artigo destes na imprensa inglesa? A resposta é óbvia. Os mesmos que estão pagando para a imprensa brasileira divulgar mentiras constantemente. Vamos citar suspeitos, por ordem aleatória de perversidade:

PSDB, DEM, SERRA, FHC, X, BANCOS...

Devem ter pago uma nota preta.