A Justiça determinou a volta do serviço de coleta de lixo em Duque de Caxias. A decisão estipula ainda multa diária de R$ 234 mil à Locanty Infornova - empresa contratada para recolher o lixo no município - em caso de descumprimento da medida. O valor calculado é o equivalente à diária que a empresa recebe da prefeitura para a prestação do serviço. A ação, que foi movida pelo Ministério Público, também pode atingir o prefeito, que teria que pagar R$ 50 mil de multa caso a cidade volte a ficar suja.

MEDO DE CALOTE ? Funcionários e contratados estão com receio de levar ?calote? da Locanty/Infornova. Isto porque a empresa rescindiu contrato que mantinha com alguns órgãos públicos do Judiciário carioca, como Fóruns e Tribunais de Justiça e, segundo eles, correm risco de não receberem neste fim de ano. ?Ouvimos dizer que não vão nos pagar o salário de dezembro nem o décimo-terceiro. Ficamos em pânico, como vamos pagar nossas contas? A gente trabalha o ano todo e recebe uma notícia desta? Não sei como vai ficar minha vida, será sacanagem da parte deles se fizerem isto?, desabafa uma zeladora que preferiu o anonimato. ?Nosso encarregado nos proibiu de falar sobre o assunto?, concluiu.