Agora nós temos os ?Anões da Justiça?, e assim vamos identificar os ministros da Supremo Tribunal Federal que usaram o falso argumento da moral e da justiça para julgar a AP.470 no período eleitoral.

Esses mesmos ministros, ou ?anões da Justiça?, até agora nem sequer cogitaram de julgar o Mensalão do PSDB e do DEM. Vale lembrar que o mensalão mineiro e dos democráticos foram anteriores ao chamado Mensalão do PT, e, logicamente, deveriam ser julgados primeiramente.

E vamos denunciar também a mídia golpista, aquela que planta a notícia sem nenhum fundamento, ou retoma matéria chamada no jargão da imprensa de matéria requentada, para macular a imagem de pessoas no sentido de auferir vantagem. A imprensa golpista age por dois principais motivos: primeiro, como se fosse um partido, de olho na eleição de 2014, para destruir Lula que consideram um cabo eleitoral imbatível e conseqüentemente derrotar o PT.

E o segundo principal motivo, é a resistência à democratização dos meios de comunicação, coisa que o mundo desenvolvido já fez e em nosso continente, Venezuela e Argentina já deram o pontapé inicial, e por isso sofrem críticas duríssimas da nossa mídia golpista de plantão.

A mídia golpista de nosso continente está articulada para derrubar os governos democráticos e populares, pois esses governos criam situações sociais que levam à discussão de uma mídia totalmente diferente da que temos. Vamos usar as redes sociais e todos os meios democráticos para esculachar esses meios de comunicação! Até porque eles não fazem por merecer nenhum respeito e por isso vamos agir com reciprocidade!

A presidente Dilma já declarou que prefere o ruído da imprensa livre ao silêncio tumular das ditaduras. A sociedade já derrubou a ditadura e agora vamos buscar extirpar essa imprensa, que de livre não tem nada. Nenhuma trégua aos ?Anões da Justiça? e à mídia golpista!

RIO DE JANEIRO, 13 de dezembro de 2012