700 crianças de Suiá Missu, desalojadas pela maior operação policial já vista na história do Brasil, passarão o natal sob chuva, sol e fome. Elas foram desalojadas para agradar aos picaretas do indigenismo internacional, notadamente as ongs CIMI e Survival International. Mesmo sob ameaça do maior aparato militar da história do Brasil, elas continuam resistindo à desocupação. Até as crianças, que deveriam estar pensando no natal e seus presentes, estarão se preparando para enfrentar a truculencia militar do estado brasileiro. Tudo que está sendo feito contra elas é para agradar à picaretagem indigenista internacional e à ONU.