Em matérias publicadas em veículos de comunicação no final de setembro, foi divulgado que a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo recebeu denúncias a respeito de bullying praticado contra alunos de origem boliviana na Escola Estadual Padre Anchieta. Os imigrantes teriam que pagar uma "taxa" para que não fossem agredidos. Os relatos não param na escola, ocorrendo também em outras unidades de ensino e até mesmo relatos de agressão nas ruas. Assim como no caso de Mayara Petruso, não são atos isolados. Quem tiver curiosidade, digite "bolivianos" na opção de busca em "tópicos" no orkut. Aparecem pérolas como "Bolivianos no bairro... KKK" ou declarações exigindo a expulsão dos imigrantes dos mais diversos locais.

OBS de quem postou: 1-KKK pode significar KuKluxKlan também e naum só gargalhadas ´´ingënuas´´; 2-O trecho do texto publicado no blog do Professor, naum reflete o texto na íntegra, que de forma desconexa cita a relasaum entre a Coca, que é verde, com o subproduto utilizado a larga escala no mercado capitalista mundial, a cocaína, de cor branca, a exemplo do acúcar, segunda a Lei Máxima da oferta e da demanda capitalista; 3-O professor, ainda que, corretamente, toma partido dos filhos dos trabalhadores imigrantes, mäo de obra especializada sobretudo na confeccäo de roupas, antes da chegada dos enviados Europeus para aqui; o professor por falta de Consciëncia de Classe, naum define estes ataques como ataques a Classe Operária em seu conjunto; 4-Tampouco o professor associa estas práticas a política social-democrata em SP e que a política social-democrata no governo federal é uma nuance. Como bem sabemos, a social-democracia sepultou seu internacionalismo desde a Primeira Guerra Mundial, quando cada secäo tomou a defesa da pátria, inclusive perseguindo e assassinando Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht entre outros internacionalistas.
Aqui está o nó principal da questäo: os populistas empurrarm o nacionalismo para as pessoas de senso comum e estas passam a dectar qualquer manifestasaum que naum seja as que as mesmas veëm na tv e outros meios, como manifestacöes ´´anti-nacional´´. Neste caso, de forma muito limitada e distorcida, o gol de Guerrero calou a boca de muita gente, pois os ataques naum saum só contra uma origem e sim, é generalizada, seja o nome Bolívia, Peru, Paraguai, Nigéria... Mais uma vez a questäo é de CLASSE.
Trabalhadores/ras do Mundo, Unámo-nos!!!