Nem bem os prefeitos tomaram posse e a mídia já começou seu trabalho de manipulação. O jogo é sujo e pesado. Os veículos de comunicação querem impor sua agenda dizendo "quais são os desafios" que os prefeitos vão enfrentar (independentemente dos programas de governo que eles apresentaram), para depois escolher de maneira cirúrgica quais serão os prefeitos crucificados (petistas estarão no topo da lista, é claro).

O maior desafio dos prefeitos, especialmente os do PT, é a mídia.

Hoje, por exemplo, o G1, da rede Globo, noticiou uma infestação de escorpiões num condomínio em Osasco  http://g1.globo.com/videos/sao-paulo/sptv-1edicao/t/edicoes/v/condominio-em-osasco-tem-invasao-de-escorpioes/2321543/ .

A prefeitura não faz nada disse a entrevistada apontando para o terreno privado de onde vem a peçonha. Nem à entrevistada nem ao jornalista da Globo ocorreu que a prefeitura não pode mandar limpar uma área privada ou gastar dinheiro público para fazer o que o proprietário deveria ter feito.

Também não ocorreu ao respeitável jornalista que o MP pode denunciar o proprietário por expor a risco as vidas dos moradores do condomínio. Cabe ao Judiciário e não à prefeitura julgar este tipo de crime.

Se o prefeito petista mandar limpar o terreno dirão "Estão vendo, PT gosta de beneficiar alguns proprietários". A omissão do MP e do Judiciário ficam absolutamente desconhecidas do respeitável publico.

A questão para o G1, portanto, não era apenas noticiar um fato relevante, mas usar a noticia para encurralar um prefeito petista no seu primeiro dia de trabalho. É por isto que a mídia deve ser regulada.