Aliás, pode marcar a mesma reunião para o próximo ano, porque é lógico que ano que vem tem mais chuva e flagelo. Mas ninguém pergunta o que foi feito no ano passado, quando o Rio foi vítima das chuvas no mesmo período. Ninguém cobra do governador e dos prefeitos das áreas afetadas aquilo que deveria ter sido feito. Inclusive muitos receberam dinheiro público para fazer e não fez. Tem prefeito da baixada que ficou meses sem recolher o lixo e contribuiu e muito para o desastre. Vão cobrar responsabilidade desses prefeitos? O governo federal tem que informar se mandou dinheiro público para governadores e prefeitos e o que foi feito. Afinal, o dinheiro é público! Esse é o Brasil, tem indústria da seca e da chuva também!

RIO DE JANEIRO, 04 de janeiro de 2013