A situação no Estádio de Atletismo Célio de Barros é urgentíssima. No início da semana, sem nenhum aviso prévio, o portão do Célio de Barros foi trancado, deixando centenas de atletas sem local para treinar. Uma viatura da PM foi colocada na entrada e a pista foi ocupada por materiais de construção pesada e até por banheiros químicos. Representantes da Federação de Atletismo do Rio de Janeiro (FARJ) foram impedidos de entrar, bem como treinadores e atletas de diversas equipes. Uma equipe foi impedida de recuperar seu material de treinamento a tempo de participar de uma competição fora da cidade.

CONVOCAMOS A TODOS PARA PARTICIPAREM DA ATIVIDADE CONTRA A AÇÃO DE DEMOLIÇÃO DO CÉLIO DE BARROS.

A atividade é organizada por treinadores e atletas veteranos que participam da campanha O Maraca é Nosso e vai contar com a participação de jovens atendidos por projetos sociais e atletas que estão impossibilitados de treinar no estádio. A campeã olímpica Maurren Maggi, que nesta sexta se pronunciou contra a demolição no jornal O Globo,  http://oglobo.globo.com/esportes/quando-historia-do-atletismo-vira-deposito-de-banheiro-quimico-7259820, também é esperada. Esperamos ainda a participação de todos os apoiadores que defendem a Escola Friedenreich, o Parque Aquático Julio Delamare e o prédio histórico do antigo Museu do Índio! O horário é de atleta (8h!), mas a disposição pra luta também! Os atletas vão fazer um treino coletivo. A ideia é fazermos todos uma caminhada ao redor do Maracanã, passando por todas as construções ameaçadas de demolição.

MAIS INFO:
Gustavo - 7908-5548