Nesse momento, sábado (12), às 8h45, o Batalhão de Choque da PM cercou o antigo Museu do Índio, localizado no complexo do Maracanã. O comandante do Batalhão informou que não iria agir de pronto e que estava aguardando ordem do governador Sérgio Cabral. Indígenas convocam apoiadores e movimentos sociais para vigília no local em defesa da preservação desse importante espaço cultural.

Mais informações:
Emanuel Cancella - 9951-6616
Rafael Duarte - 7866-2630