A AMB , EM MATÉRIA DE GRANDE CIRCULAÇÃO NACIONAL, DIVULGOU QUE DURANTE 19 ANOS O STF NÃO JULGOU - NEM CONDENOU - NEM BOTOU NA CADEIA UM EMPRESÁRIO E/OU POLÍTICO, EMBORA O STF ESTEJA ABARROTADO ATÉ O TALO DE PROCESSOS CRIMINAIS. ISSO VEM CONFIRMAR A PROTEÇÃO DO STF AOS CORRUPTOS.

O JULGAMENTO DO MENSALAO, REPITO, NÃO DEVE SERVIR DE BASE - NEM DE LONGE, PARA SE TRAÇAR UM PERFIL DO STF.

É DA NATUREZA DO STF CONDENAR POBRES, LADRÕES DE GALINHAS, E ENGAVETAR PROCESSOS DE RICOS/POLÍTICOS, PARA QUE OCORRA A CHAMADA PRESCRIÇÃO ( PERDA, PELO ESTADO, DO DIREITO DE PUNIR).

VEJAM O QUE DIZ A AMB:

 http://www.correiodatarde.com.br/editorias/correio_politico-18896

ENQUANTO ESSES MINISTROS FOREM INDICADOS/NOMEADOS POR POLÍTICOS, TEREMOS UM STF ( POLÍTICO ) E SUJEITO ÁS TEMPERATURAS EXTERNAS.

SE O STF FOSSE OCUPADO POR PHD EM DIREITO CONSTITUCIONAL, ATRAVÉS DE CONCURSO PÚBLICO, DO NÍVEL DE IVES GANDRA, CERTAMENTE QUE A METADE DO CONGRESSO NACIONAL ESTARIA NA CADEIA.

MAS O STF É UMA INSTITUIÇÃO INDICADA - SEUS MEMBROS - POR POLÍTICOS, DAÍ PORQUE SUAS DECISOES NÃO DEVEM CONTRARIAR QUEM OS INDICOU. O JULGAMENTO DO MENSALÃO FOI E SERÁ UMA EXCEÇÃO.

DANTES