Cada dia que passa, vemos as letras da Constituição venezuelana sendo rasgada pelos chavistas. A curiosidade maior é que a Constituição em vigor foi reescrita pelos chavistas e sabatinada pelo Chávez.

Ninguém sabe a real situação de Chávez e torna-se bizarro que o Sr. Maduro, esteja empossando Ministros sem legitimidade constitucional. Em teoria o presidente da Câmara - Sr. Cabello, deveria assumir o poder e convocar novas eleições. Mas ao arrepio da lei e com apoios de presidentes de esquerda da AL, a democracia por lá passa a ser letra morta.

Embora os chavistas brasileiros não se agradem de qualquer notícia negativa daquele país bolivarista, sabem eles que uma guerra nos bastidores chavistas está em curso e pode prenunciar o fim do chavismo.