Na terça-feira dia 15, nos pronunciamos novamente. Dessa vez, um catracaço. Para além do discurso, vivenciamos juntos a possibilidade do fazer. Resistir é possível e, muito mais que isso, urgente. Em meio de tanto alvoroço, percebemos que não estamos sós na luta por uma vida digna. Para todos tudo, nada para nós!

-Panfleto veiculado:

Por que fazer o catracaço?

Desde 2008, a passagem de ônibus aumenta todos os anos , estrategicamente no período das férias escolares para dificultar as mobilizações, depois do histórico novembro de 2005, no qual ocorreram inúmeros protestos populares que incendiaram o Recife.

O mundo não acabou no dia 21 de dezembro de 2012. E para comemorar, o (des)Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) aumentou os lucros dos tubarões do transporte publico e feriu o direito de ir e vir da população da capital pernambucana.

O catracaço é o direito de resistir, abrindo as portas traseiras do ônibus ou pulando as catracas, garantindo o direito do passe livre e da tarifa 0 para estudantes, desempregados e populares.

A cidade não se cala!
Não pague passagem!

Vídeo da ação:  https://secure.vimeo.com/57646945