Hoje, dia 17/01, período de férias dos professores, a Câmara de Caraguá aprovou, por maioria de votos, a proposta da Secretaria Municipal de Educação (SME) de implementação da manobra da Lei do Piso. Por esta proposta os professores vão trabalhar (para uma jornada de 30 horas): 20 hs relógio ( 24 aulas), 6 HTPL, 2 HTPC, e 2 aulas de "formação" EAD. Há, portanto, uma intensificação da jornada (manobra da minutagem). É uma proposta pior que aquela do Governo do Estado, que, aliás, é do mesmo partido que governa esta cidade (PSDB).

Durante o final de 2012 e início de 2013, nós, professores, apresentamos Emendas ao Projeto de Lei baseadas na PROPOSTA que elaboramos durante o ano todo em Assembléias e Reuniões com a categoria. Para nossa surpresa vereadores do DEM e do PSD acataram e apresentaram algumas de nossas Emendas e o único vereador do PT eleito este ano praticamente liderou o ataque contra os professores, votando e defendendo em falas no plenário a proposta tucana, provando mais uma vez o caráter desse que um dia quiz se tornar o "partido dos trabalhadores".

Agora é partir pra denúncia e PROSSEGUIR NA LUTA!!


Mais notícias em  http://professoresemluta.wordpress.com/