Rápida, curta e grossa, porque tem muita coisa a dizer. Metade de vocês não vai acreditar em mim e peço aos que não acreditem que salvem esse texto para ler dentro de dez, vinte anos. Metade daqueles que não acreditarem ficarão com raiva de mim e peço a estes que apenas sintam pena e me ignorem, não quero brigar hoje. O texto está aqui, cabe a você pesquisar, procurar saber. Não vou tentar provar nada a ninguém. E este é o primeiro texto em quatro anos de Desfavor que eu senti MEDO em escrever. Não tenho dúvidas que é o texto que representa maior risco para mim e para o Desfavor. Deixem o Somir de fora disso, este texto é obra exclusiva minha.

O aquecimento global é uma mentira. As mudanças climáticas em função da ação do homem são mentiras. O buraco na camada de ozônio causado pelo ser humano é uma mentira. A Amazônia como pulmão do mundo é uma mentira. Mas a gente reluta em se convencer disso pela massiva propaganda midiática e porque, como sempre, o ser humano gosta de pensar que tem tudo sob controle e prefere acreditar nesta versão do que aceitar que está nas mãos do sol, dos oceanos e da natureza. Criticar esse tipo de coisa é similar a criticar o Lula: quem fala mal é imediatamente desacreditado massivamente. Leiam meu texto, investiguem cada parágrafo e tirem suas próprias conclusões, livres de lavagem cerebral. Se concluir que ele tem fundamento, vai perceber o tamanho da canalhice do Rio + 20. E acredite, será um dos poucos.

Muito se fala em Aquecimento global. Muito se fala e pouco de concreto se mostra, porque basta falar que as pessoas acreditam: ?se está todo mundo dizendo, deve ter alguma prova?. Nem sempre. Muitos fenômenos naturais estão sendo supervalorizados em nome de um suposto aquecimento global para obtenção de lucro.

Por exemplo, o aquecimento global estaria derretendo as geleiras e com isso vai aumentar o nível dos oceanos e inundar todos nós. Quem nunca ouviu essa bosta? Não tem aquecimento global e as geleiras estão em um processo normal e natural. Caso você não saiba, desde que o mundo é mundo, as geleiras do planeta oscilam em um esquema de derreter e recongelar novamente. No momento elas estão derretendo sim, mas nada indica que elas não voltarão a congelar e é impossível que elas derretam por completo. Esse papo de que geleira vai derreter e aumentar o nível do mar teria que ser um puta derretimento na Antártida, coisa que não está acontecendo e não há o menor indício de acontecer.

Só para constar, o nível do mar não está subindo. Ele oscila naturalmente entre meio metro e 50cm desde sempre, só que muita gente alarmista se aproveita dessa oscilação que poucos sabem ser natural e faz um escarcéu. O nível do mar está ótimo, obrigada e já ocorreram oscilações enormes, muito maiores que as atuais e ninguém se afogou. Por exemplo, há relatos do nível do mar subir 50 metros em cem anos e depois tudo voltar ao normal. O planeta é instável e tem suas variantes, que não tem nada a ver com a ação humana. Não faz muito tempo tinha uns idiotas se descabelando porque o nível do mar subiu alguns centímetros, mas basta pesquisar para ver como eventualmente estas coisas acontecem ao longo dos anos. Eventualmente, em alguns locais, o mar está entrando nas cidades, mas são locais onde o mar sempre esteve e o idiota do ser humano foi lá, tentou aterrar e empurrar o mar de seu local original. O mar não está tomando nada, ele só está voltando. Ele sempre volta, é questão de tempo.

O aquecimento global começou a ganhar forma com a suposta destruição da camada de ozônio da atmosfera. Só que esta destruição também é mentira. Faz tempo que a comunidade científica SÉRIA sabe que há uma oscilação natural de ozônio na atmosfera, que nada tem a ver como spray, eletrodomésticos e cia. Tal qual o nível do mar, neguinho mede a quantidade de ozônio em determinada data e refaz a medição depois, sabendo que o nível pode estar mais baixo. Joga esses dois dados no público e grita ?Estamos destruindo a camada de ozônio!?. Sim, eu sei que o sol está queimando mais hoje do que queimava há 20 anos, mas isso se deve ao fato do sol estar mais potente por um fenômeno próprio e não porque nossa proteção de ozônio está esburacada. Tanto que outros planetas também estão sentindo esse aquecimento, planetas que não tem e nunca tiveram camada de ozônio.

?Mas Sally, porque alguém inventaria que estamos destruindo a camada de ozônio??. Pelo motivo de sempre. Dinheiro. Se você reparar, a histeria com a camada de ozônio coincidiu com a quebra de patentes do CFC, um gás muito utilizado na indústria, seja para fazer o seu desodorante em spray, uma geladeira ou o gás dos refrigerantes. Papo rápido: quando alguém inventa alguma coisa e a registra a pessoa dispõe de um tempo determinado para lucrar com aquela invenção e todos que a usam tem que pagar uma ?taxa? ao inventor, chamada ?royalties?. Porém, a lei estipula que depois de um tempo, esta invenção se torna de domínio público e todos podem usá-la sem pagar mais nada ao inventor, isso se chama ?quebra de patente?, quando o inventor perde o direito de cobrar royalties pelo uso de sua invenção.

No final da década de 80 muitas patentes começaram a se tornar públicas. Adivinha a quem pertenciam estas patentes? Às próprias indústrias que vendiam os produtos que exploravam o gás CFC. Vendo que ocorreria um decréscimo abissal de seus lucros, estas indústrias se reuniram e encomendaram uma ?pesquisa? sobre meio ambiente camuflada de preocupação social. Não sei se vocês sabem como a banda toca quando você encomenda um estudo a alguém. Dificilmente a pessoa realmente quer saber uma opinião imparcial, geralmente ela pede uma pesquisa que mostra determinado resultado, numa de ?se vira, Mané, comprova que tal coisa gera tal coisa?. E foi isso que aconteceu: ?Se vira, Mané, comprova que o CFC, que está com a patente vencida, não pode ser mais usado porque caga o planeta?.

Os Manés tinham um motivo extra para se virar: o fim da guerra fria. Metade dos cientistas do mundo estavam trabalhando em projetos relacionados com a guerra fria e com seu fim, que coincide com esta data, ficaram desempregados. Neguinho migrou para o grande investimento ecológico e de desempregado virou cientista politicamente correto e muito bem pago. Pesquisem os nomes e vejam que os ?pais? desse blá blá blá ecológico histérico são DESEMPREGADOS pós-guerra fria, os dados estão aí para quem tiver curiosidade. Era pegar ou ficar desempregado. Os Manés pegaram. Os mesmos Manés que dedicavam suas vidas a energia nuclear, a matar gente, da noite para o dia viraram espíritos de luz que trabalhavam em prol do planeta.

Os Manés se viraram motivados por muito dinheiro. A missão era inventar um motivo para substituir o CFC, que não era mais lucrativo. Pegaram uma oscilação natural da camada de ozônio e relacionaram de forma torta com o CFC. Não acredita em mim? Pesquise e veja a coincidência da data do vencimento da patente do CFC com a demonificação do CFC. A indústria divulgou os ?malefícios? do CFC ao público e malandramente criou um substituto para ele, o HCFC, que seria bacana, do bem e ecológico.

Evidente que os eletrodomésticos que já existiam não funcionavam com o HCFC, por isso a indústria e a pressão social fizeram com que todos troquem seus eletrodomésticos para que o Planeta sobreviva. Milhões de cornos acreditaram e compraram eletrodomésticos novos com o então patenteado HCFC achando que estavam fazendo um puta bem ao planeta. Milhões de cornos pararam de usar desodorante em aerossol. Milhões de cornos engoliram as informações passadas sem procurar saber os termos das pesquisas. E aqueles poucos que se levantaram contra, sumiram ou se calaram, de uma forma ou de outra.

Não basta cuspir dados em mim, tem que ler a forma como a pesquisa foi feita, de qual premissa se partiu, quanto tempo durou, os ambientes pesquisados e outros fatores. Eu li, eu li muitas. E tem muita coisa ridiculamente forçada e manipulada. Pesquisa com dados, com estatísticas, podem ser manipuladas para gerar o resultado que quem encomenda quiser. Aprendam isso, para a vida. Dados por si só não servem para nada, o que serve é a forma como esses dados foram colhidos.

Sabe qual é a diferença principal entre o CFC (após a quebra de patente) e o HCFC? O PREÇO, Meus Queridos, porque na essência, é a mesma merda. Na verdade o HCFC é até pior. O CFC, após a quebra de patente, passou a custar em média dois dólares o kg e o HCFC quase QUARENTA dólares o kg. Para fins de danos ao planeta, eles são a mesma merda e em matéria de segurança, o HCFC é pior, porque tem risco de explodir, coisa que o CFC não tinha. Aliás, o CFC tinha sido escolhido para substituir seu antecessor (sempre que quebra uma patente surge um substituto) alegando motivos de segurança: o CFC era mais legal porque não explodia. Com a quebra de patente do CFC, foi preciso arrumar um novo argumento (e colocar em segurança vidas humanas).

Achando que estavam fazendo algo bom para o planeta, todos os habitantes jogaram todos os seus eletrodomésticos fora (sustentável pra caralho, hein?) e recompraram novos com HCFC. Salvo engano, as patentes atualmente vencem em 25 anos, então estamos próximos do vencimento da patente do HCFC. Aguardem a qualquer momento uma ?descoberta? dizendo que o HCFC faz mal ao planeta e um pedido para substituir todos seus eletrodomésticos novamente. ESTA é minha carta na manga para provar a você, que está achando este texto inventado exagerado e conspiratório que esta porra é verdade. Espere, observe a data de vencimento da patente e me diga em um futuro próximo se eu não tenho razão. Infelizmente o tempo vai me dar razão.

Vai vir um substituto por aí, MAIS CARO e que também vai te obrigar a substituir todos os seus eletrodomésticos. Só que desta vez, com a histeria de aquecimento global, ainda periga vir uma porra duma lei junto obrigando todos a trocarem seus eletrodomésticos em nome do bem estar do planeta, porque o Governo está metido até o pescoço nesse mar de mentiras e também está tendo sua parcela de lucro. Pensem grande: não é só trocar a geladeira da sua casa, polos industriais inteiros terão que ser trocados: maquinários, refrigeração? estamos falando de uma fortuna. Indústrias que não aderirem sofrerão bullying, multas e terão a opinião pública contra elas. Indústrias que aderirem terão benefícios fiscais e a simpatia de um consumidor que sofreu uma lavagem cerebral ecológica. Não teremos muita escolha.

Você que ainda está apegado ao conceito de aquecimento global deve estar se perguntando porque nunca antes na história deste planeta a temperatura subiu tanto. Eu te respondo: quem disse? Há relatos da temperatura subir oito graus em 50 anos e voltar tudo ao normal, basta pesquisar que você encontra. E os idiotas sustentáveis fazendo um escarcéu porque concluíram que vai subir um ou dois graus em cem anos! BUSQUEM CONHECIMENTO! A temperatura deste planeta e de outros do sistema solar está subindo um pouco porque o sol está mais potente, mas é um fenômeno estudado, previsto e com data para acabar. Independe totalmente da ação humana.

Sua cidade está mais quente hoje do que estava há 50 anos atrás? O sol está queimando sua pele muito mais? Isso não prova aquecimento global. Isso prova que o sol está mais potente. Essas oscilações são normais, tanto a nível global como regional. Existem planetas ou cidades que sofrem de fenômenos cíclicos a longo prazo com aumento e diminuição de temperatura. Só que fenômenos envolvendo um planeta inteiro não duram um ou dois anos, duram mais tempo, por isso passam essa falsa sensação de definitivos: há dez anos a temperatura está aumentando? Relaxa, faz parte de um ciclo, ela vai cair.

Aliás, cientistas sérios afirmam que nos próximos anos a temperatura do planeta (eu disse do planeta, não da sua cidade) como um todo VAI CAIR, independente de qualquer esforço ecológico. Claro que esses putos da máfia Rio + 20 nunca vão dizer que caiu por causa desse ciclo, vão dizer que caiu graças ao esforço das nações. Não acredite. Essa queda de temperatura já está programada. E esses merdas que estão te vendendo essas mentiras sabem disso. O plano é: empurram o próximo substituto do HCFC, a temperatura cai e todos aqueles que participaram desse teatrinho saem como heróis que conseguiram reverter o quadro apocalíptico do aquecimento global. Eu sei, eu sei, é difícil de acreditar. Você que é cidadão da RID sabe que eu não sou leviana de escrever merda sem pesquisar muito, me dá pelo menos o benefício da dúvida e apenas observe o desenrolar disso nos próximos anos.

Só para que vocês vejam como o aumento ou oscilação de temperatura é natural, estudos comprovam que outros planetas sem o ser humano para cagá-los também passam por fases de aquecimento. Plutão, por exemplo, recentemente passou por uma fase de aquecimento, um fenômeno sazonal. Em Jupiter, uma tempestade mexeu de tal forma com o planeta que causou uma alteração climática com aumento de dez graus na temperatura média do planeta. Há derretimentos em Marte (mantos gelados de dióxido de carbono) ocorrendo em datas que batem com o nosso suposto aquecimento global, graças ao aumento da temperatura do sol e não à ação humana.

Sim, é isso mesmo, o sol que aquece mais a gente também aquece mais eles, de onde se deduz que a mudança está no sol e não na nossa atmosfera. O ser humano não é tão importante como gosta de acreditar que é. Somos piolhos do planeta terra, o máximo que causamos é uma coceirinha. O resto é mentira com fins lucrativos. Só que quem denuncia, desparece ou se cala, de uma forma ou de outra.

E em tempos de código florestal, não custa dar uma pincelada no assunto. Já falamos disso aqui, mas não custa repetir: Amazônia pulmão do mundo? Não, foi mal, as grandes responsáveis pelo oxigênio do planeta são as ALGAS. Nosso planeta é dominado pelos oceanos, os continentes são um mero adendo. Você pode cortar toda a floresta amazônica que nós continuaremos a respirar numa boa. Aliás, se você cortar, nasce tudo novamente, pois é uma área com muita chuva, ótima para plantinhas. E a chuva está lá antes das plantas e não por causa delas (complicado processo oriundo do mar). Não chove muito porque tem floresta, tem floresta porque chove muito. Aliás, vamos sossegar o botão com essa histeria de desmatar a Amazônia, porque boa parte dela está debaixo d?água e é praticamente impossível cortar árvores com raízes submersas, ok?

Sempre tem um demente que acha que eu sou favorável ao desmatamento da Amazônia. NÃO, NÃO SOU, ela tem o seu valor, mas não climático. Sou contra o desmatamento pelos motivos certos: as plantas com propriedades medicinais, muitas delas ainda inexploradas, que podem ser de grande valia para a humanidade. Mas em matéria de aquecimento global, a floresta amazônica tanto faz como tanto fez.

Muita gente também cai nesse alarmismo ecológico acreditando que o planeta está dando sinais de desgaste com o aumento de catástrofes naturais: é tsunami, é terremoto, é maremoto? Porém o nome disso não é aquecimento global, é INTERNET. Não estão ocorrendo mais catástrofes naturais, nós é que estamos sabendo mais sobre elas! Porque antes da internet, se houvesse uma tsunami que afundasse por completo uma ilhazinha em um arquipélago na puta que pariu, quase ninguém ficaria sabendo. Antes se bobear nem mesmo existia um nome para ?tsunami?. Antes não tinha tanta gente no mundo e havia grandes chances que essas merdas ocorressem em áreas não ocupadas e ninguém nem tomasse conhecimento.

Daí você deve estar se perguntando porque fazer essa palhaçada de Rio + 20 se não há provas concretas de buraco na camada de ozônio, de mudanças climáticas ou de aquecimento global. Eu respondo: para ganhar dinheiro, para que países desenvolvidos lucrem em cima de países subdesenvolvidos impondo normas que lhes convém camufladas de medidas para salvar o planeta e para que em um futuro, quando a porra da temperatura global diminuir, porque a tendência natural é fechar esse ciclo e ela diminuir, esse bando de filho da puta que de dia dorme em conferência e de noite vai catar puta saiam como heróis que reverteram um quadro apocalíptico do nosso planeta.

Eu tinha mais para dizer, mas estou no fim da quinta página. Só quero terminar dizendo que não sou adepta de teorias da conspiração, não sou de esquerda, não sou de direita, não sou da bancada ruralista, não sou candidata a nada e não ganho um centavo por nada que escrevo aqui (observem a proposital falta de patrocinadores). Então, este texto é fruto de uma pesquisa que venho fazendo há MESES sem qualquer interesse político, econômico ou qualquer outro que não seja dizer o que eu considero, após muito estudo, ser a verdade. Nunca me expus a um risco tão grande, nem mesmo quando fiz denúncias políticas, por isso espero que ao menos algumas das pessoas a lerem isto reflitam e mantenham a mente aberta para o que eu disse aqui, ficando atentas nos próximos anos.


Para ignorar meus apelos e vir bater boca comigo nos comentários, para me processar/ameaçar/assassinar ou ainda para olhar na nossa Constituição para confirmar que hoje não é o Dia do Troll:  sally@desfavor.com