ACRE: PROFESSORA DA UFAC ADOTA CRIANÇA INVESTIGADA POR SEQUESTRO
Por julio C. FORTES 06/12/2011 às 11:49


É, companheiro, o bicho tá pegando em todas as plagas. E os erros não devem ser objeto de engavetamento. QUEM SOUBER DOS MEUS, PODEM PUBLICAR. AQUI TEM CAFÉ NO BULE. Professora da UFAC ( Socorro Calixto ) fez a ADOÇÃO de uma criança ( sumida) que estava sendo investigada - pelo MP-Ac - por sequestro.


Algumas coisas/danos/crimes, dado o pequeno potencial ofensivo, via de regra podem cair no baú do esquecimento.

Mas esse crime, em especial, sobretudo por envolver uma criança ( hoje com 05 anos de idade), deve ser objeto de DIVULGAÇÃO, até com o fito de se saber onde está ( a mae adotiva e a criança, objeto de sequestro).

O caso é o seguinte : A Sra. ( se é que isto pode ser chamada de sra. ALCIVANE ), casada com o Sr. Carlos Dutra ( empregado do Supermercado - PAGUE POUCO), tiveram uma criança em 2006.

A criança nasceu no Hospital Santa Juliana, conforme informações em processo que corre na Comarca de Rio Branco-Ac( de 2011).

Pois bem.

Após o nascimento, a mae - ALCIVANE, engendrou, conforme apuração do MP-Ac ( cujo processo não chegou ao final ), uma série de artifícios para se livrar da criança( ATÉ MATAR ESTAVA NO CARDAPIO) e ferir o pai (Carlos Dutra).

Ao nascer, tanto mae como filho ( J.Pedro....), foram visitados no hospital acima pelo PAI e percebeu que tudo estava bem.

Ao sair do hospital, a criança foi levada para a casa de uma terceira pessoa, e informaram ao pai - CARLOS DUTRA, que a mesma estava doente do coração e precisava, naquele mesmo dia, dirigir-se a São Paulo/SP ( QUEM TERIA PAGO ESSAS DESPESAS, SE É QUE A CRIANÇA VIAJOU, REALMENTE).

Sem muito conhecimento , o pai aderiu as informações da mae ( e quadrilha) e aceitou que a criança fosse deslocada para São Paulo.

Só que tudo não passava de mentiras, conforme apurou o MP-AC.

A criança estava em Rio Branco -Ac e a quadrilha atuando por fora para fazer o processo de ADOÇÃO DA MESMA ( para uma professora da UFAC - SOCORRO CALIXTO), sem que o pai tivesse conhecimento.

Levando INFORMAÇÕES E PROVAS FORJADAS/MENTIROSAS PARA A JUIZA DE DIREITO, o certo é que o processo de adoção foi aprovado e a criança colocada sob os cuidados da mencionada PROFESSORA DA UFAC.

Só que mentira , repito, tem pernas curtas.

Passados cerca de 06 meses, o pai começou a empreender uma série de investigações e levou o caso ao conhecimento do MP-AC, que abriu um procedimento sob a nomenclatura de ( SEQUESTRO DE CRIANÇA).

Ouviu, o MP-AC, tanto a mae /ALCIVANE , parentes e toda a quadrilha e, pelos depoimentos que tivemos acesso, não ficou a mínima dúvida de que foi feita - de forma implacável - uma verdadeira operação criminosa para obtenção de exito nesse processo de ADOÇÃO, induzindo a JUIZA RESPONSÁVEL A ERRO.

O MP-Ac, ao colher os depoimentos, defrontou-se com informações estarrecedoras sobre o conluio em face da criança e fez, até prova o contrário, o encaminhamento do mesmo ( processo/investigação), para a DIREÇÃO SUPERIOR DO MP-AC (o processo foi arquivado).

Agora, o pai, sabendo da atuação da quadrilha, e até onde vai a influencia/participação da professora da UFAC - SOCORRO CALIXTO), ingressou, repito, com uma AÇÃO JUDICIAL - anulação/nulidade de adoção, c.c. pedido de investigação de paternidade.

Se ficar provado, como tudo levar a crer, que a quadrilha levou a douta JUIZA /ACRE A FAZER A ADOÇÃO LEVANDO-A A ERRO , não há dúvida que esse processo poderá, repito, ser anulado, e essa quadrilha responsável pelos danos e incriminada ( no crime ) de sequestro, formação de quadrilha, falsificação de documentos, etc.

De qualquer forma, sempre acreditei na Justiça do Acre e MP-AC, e pelo andar da carruagem ( investigação do MP-AC), dúvida nenhuma há, repito, de que foi feito uma manobra criminosa objetivando exito no processo de ADOÇÃO, levando, repito, a juiza a Erro, o que, sem dúvida, agravará mais ainda toda essa situação.

O simples ( porém preciso), processo de investigação feito pelo MP-AC, colhendo informações sobre a quadrilha, com DADOS FORTES DE MANOBRAS ILICITAS PARA O PROCESSO DE ADOÇÃO, sem conhecimento do pai, é suficiente para se DECRETAR A PRISÃO DE TODA A QUADRILHA, coisa que se espera em poucos dias.

Volto a falar deste assunto, doa a quem doer, PORÉM, ESPERO que o Sr. CORREGEDOR DO MP-AC - DOUTOR FLÁVIO AUGUSTO SIQUEIRA DE OLIVEIRA, tome ciencia dessas informações, e, imediatamente, determine a abertura de outro procedimento, para se apurar as denuncias acima.

ESTA MATÉRIA ( HOJE DIA 20/01/2013) ESTÁ SENDO REPUBLICADA.

MAS, ACRESCENTO UMA OUTRA DENUNCIA: HÁ CERCA DE 14 ANOS 01 advogado e uma procuradora de justica ( na época também advogada), sob os argumento de Adoção internacional, salvo prova em contrário, conseguiram realizar tais manobras e retirar - DO ACRE - mais de 50 crianças para a europa.

Algumas ( e isto me foi dito pelas maes ), foram compradas pela ( hoje procuradora ) pelo preço de R$. 3.000,00 - tres mil reais.


júlio c. fortes
Acre
fones - 068 9966-9447 - 8115-6210