Na manhã dessa quarta-feira, pessoas ligadas ao Instituto Plínio Corrêa e a Tradição Família e Propriedade (TFP) iniciaram uma manifestação contra os direitos dos homosexuais e o aborto, que segundo os manifestantes, não é da lei de deus.

Enquanto os integrantes do grupo tocam gaita de foles e fazem a leitura dos 10 mandamentos, fazem orações e falam através de um megafone rústico que "o casamento só entre homem e mulher", abordam as pessoas e tentam vender livros sobre o tema.

Este grupo vem excursionando pelo Brasil e já realizou atividades da chamada "Cruzada em defesa da família" em São João del Rey, Goiânia, Anápolis, Blumenau e agora em Florianópolis. (Acredita-se que as próximas cidades serão Criciúma e Porto Alegre).

Militantes dos direitos GLBTTT e ativistas libertários receberam informações da mobilização da caravana na capital de Santa Catarina e estão acompanhando a marcha com cartazes em favor do aborto, do Estado Laico, contra o machismo, racismo e homofobia.

Além de acompanhar a movimentação dos membros do Instituto e da TFP, o grupo de militantes e ativistas está distribuindo panfletos, cartazes e fazendo muito barulho.

No final da tarde, está sendo chamado um grande ato, às 17:30, junto ao coreto da Praça XV, onde serão revindicados os direitos das pessoas do século XXI sem arderem na fogueira ou sofrerem os absurdos das torturas do período medieval simplesmente pelo fato de decidirem por si o que deve ou não ser feito com o seu corpo, suas ideias e vontades, ainda que isso seja considerado "um vício contra as leis de deus".

Pelo fim da inquisição.
Mova-se contra os fascistas!
Antifa (A)

Fotos: CMI-Floripa e  http://skarnio.tv