O Instituto Lula foi ocupado na quarta-feira, 23/01/2013, por assentados e assentadas do Milton Santos e apoiadores, que através da ação pretenderam sensibilizar o ex-presidente (que criou o Assentamento Milton Santos) a intervir junto à presidente Dilma Roussef para que seja assinado o decreto de desapropriação por interesse social, único recurso que pode garantir a permanência das famílias nas terras em que vivem e trabalham há 7 anos.

O presidente do Instituo Lula, Paulo Okamotto, conversou com os manifestantes. Com fala mansa e ambígua, deixando as ameaças nas entrelinhas, afirmou ser legítima a ação (mas que não se poderia passar do ponto). Mas, o que o presidente do Instituto Lula, que pretende ser um bastião das democracia e dos direitos humanos, deixou escapar foi uma das grandes preocupações com esta forma de luta: "Se vira moda todo mundo ocupar coisa por coisa de coisa nós estamos lascados".

* * *

Milton Santos: todas as matérias no Passa Palavra, em  http://passapalavra.info/?p=70939