http://www.agenciaminas.mg.gov.br/multimidia/galerias/fhemig-faz-alerta-sobre-os-agentes-causadores-de-queimaduras/

Desde que um dos nossos leitores postou a notícia aqui não consigo pensar em outra coisa. Inclusive mandei um e-mail para o Somir dizendo saber que existiam assuntos melhores e mais importantes, mas que eu me julgava incapaz de falar sobre qualquer outra coisa que não fosse o CHAMINHA. Faz tempo que eu não vejo algo tão sensacional.

Você não pode chamar um negro de ?negro?, tem que chamar de ?afodescendente? se não periga levar um esporro por ser considerado falta de respeito ou até mesmo um processo. Você não pode chamar um defivciente de ?deficiente?, tem que chamar de ?pessoa portadora de necessidades especiais?, sob pena de vaias, até mesmo para a Presidente da República. Mas é super ok criar um mascote cujo nome é CHAMINHA e tem ESSE rosto que ilutra a postagem para visitar crianças queimadas. BRASIL-IL-IL-IL! O país do politicamente correto seletivo!

Atentem: o desfavor da semana de forma alguma é o CHAMINHA, não cabe em mim o amor que eu sinto por esse mascote e pelo possível sadismo do seu criador. O desfavor é a contradição, a falta de coerência, sem contar a total incompetência brasileira para escolher mascotes. Que tipo de pessoa acha adequado levar ESSE mascote para visitar uma criança traumatizada, com dor, hospitalizada? O brasileiro médio! Porque supondo que quem o criou seja um troll (e não um imbecilóide completo), isso passou pelo crivo de alguém ou alguéns. E passou batido, um troço nesse grau de grotesquidão!

Entendam bem: eu acho super inadequado, o que não me impede de achar muito engraçado. Gostaria de acreditar que quem criou o CHAMINHA era um troll filho da puta e riu horrores com sua criação. Seria a trollagem mais sensasionalmente estúpida desde o Bilu! O que me espanta é que o povo não perceba o quanto é sádico, inadequado e inapropriado e o CHAMINHA tenha saído do papel, que tenham em sã consciência gasto dinheiro com uma aberração dessas. Perceber que é sádico e gostar é uma coisa, não ter o discernimento de perceber que CHAMINHA é um absurdo de perversidade é outra, muito pior.

Estamos diante do seguinte dilema: as pessoas que criaram e que autorizaram o CHAMINHA perceberam o quão infeliz foi a ideia mas resolveram trollar OU as pessoas que criaram e que autorizaram o CHAMINHA são tão burras e sem noção que não perceberam o quão grotesco é o conceito desse mascote. Considerando que nosso mascote para a Copa se chama Fuleco, não me surpreenderia nada que fosse a segunda opção. Sim, eu acho que o CHAMINHA é cria da burrice de um brasileiro médio que sabe-se como conseguiu cursar uma faculdade de publicidade e achou bacana jogar um boneco que simboliza um fogo com expressão assustadora no meio de crianças queimadas.

Uma pena, pois isso torna o Desfavor da Semana pior ainda. Burrice do criador somada à burrice do povo. Passou batido por todo mundo, ninguém se deu conta de que isso era uma atrocidade inadequada! Sabe porque? Porque as pessoas só olham para o seu umbigo: por exemplo, quem é negro se dedica a achar entrelinhas racistas em qualquer frase, mas caga e anda para outros grupos. As pessoas não estão preocupadas com o preconceito em si, com a polidez das relações, com o sentimento do ser humano. Estão preocupadas em tirar proveito de sua situação de Intocável e justamente por isso coisas como o CHAMINHA passam em brancas nuvens.

Se fosse um mascote chamado ?Pretinho? preso a um tronco imagina o tamanho da merda que ia dar. E se fosse o Rafinha Bastos a postar em seu Twitter uma ilustração de sua autoria exatamente idêntica ao CHAMINHA, no mesmo contexto, sugerindo que ele fosse mascote? Porra, estariam metendo o cacete nele até agora, dizendo que isso é de péssimo gosto, que ele foi muito infeliz e essas coisas que as pessoas dizem. Mas como o CHAMINHA não veio de nenhum meio ?inidôneo?, desceu goela abaixo do brasileiro médio, porque o brasileiro médio não se dá ao trabalho de questionar porra nenhuma, a menos que a mídia marrete e o manipule nessa direção. Eu gosto de acreditar que CHAMINHA foi obra de troll filho da puta que está rindo horrores, mas sei que o mais provável é que seja a personificação da incompetência brasileira.

Enfim, CHAMINHA personifica tudo isso em uma fantasia tosca e mal feita: a falta de questionamento, a burrice, a falta de noção, a falta de bom senso, a falta de preocupação com o bem estar de outro que não seja você. CHAMINHA resume tudo que há de mais incompetente e hipócrita no brasileiro médio, por isso faço questão de que seja adotado como mascote do Desfavor, para que nunca nos esqueçamos do quão baixo é o nível do povo: achar aceitável um mascote cujo nome é CHAMINHA, cujo layout é esse que vocês estão vendo, no trato com criança queimadas!

Uma última coisa que eu gostaria de pontuar: quando se pretende fazer uma campanha de PREVENÇÃO a queimaduras, não adianta jogar o CHAMINHA dentro do quarto com uma criança toda escaralhada. Prevenção é antes, ok? Uma criança que já se queimou toda aprendeu a lição! Aliás, a última coisa que uma criança vítima de queimaduras graves quer ver no seu quarto de hospital é um foguinho com cara malévola. Custa tirar três segundos para se colocar no lugar dos outros e perceber isso? Custa, custa muito. Mas todo mundo é super humano, militante de direitos humanos, religiosos e espirtos de luz. Monstros somos nós, que somos ateus, né?

Olha, fica aqui meu agradecimento ao GÊNIO que criou o CHAMINHA, tenha sido a atrocidade intencional ou não. Fazia tempo que eu não ria tanto. Cheguei a cair da cadeira de tanto rir na primeira vez em que vi a foto. Obrigada por estes momentos de alegria e obrigada por expor (intencionalmente ou não) a burrice, a hipocrisia e o egoísmo do brasileiro médio!

É tão sensacional que eu quero uma camiseta estampada com o CHAMINHA e alguma frase de efeito nela. Aguardo sugestões.


Para sugerir outros mascotes igualmente inconvenientes relacionados a crianças hospitalizadas, para adotar o eufemismo ?chaminha? quando quiser tacar fogo em algo ou em alguém ou ainda para dizer que ESTE TEXTO é de péssimo gosto:  sally@desfavor.com