Quase todos os órgãos públicos brasileiros tem conta no Twitter. A finalidade disto é, conforme dizem os órgãos públicos, "manter um canal aberto de comunicação com a população", "aproximar o Estado dos contribuintes", "permitir uma fiscalização da ação estatal" e outras bobagens do mesmo tipo.


Há 2 dias tomei conhecimento de uma comunidade racista e preconceituosa criada no Orkut para ofender as vítimas da Tragédia de Santa Maria e seus parentes  http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=123698981. Nem a Presidente da República foi poupada. Diz o texto da comunidade:

"Morreram na balada, onde tem sexo, bebida, drogas, o que o Brasil perdeu?

Comunidade para celebrar o fogo Sancto, noticia no mundo todo, que matou 245 pessoas, dentre elas, esquerdistas, vadias, maconheiros, gays, feministas, negros COTISTAS, Marxistas, Politicamente Corretos e tudo quanto é tipo de baratas relacionada ao esquerdismo.

Vadias mortas com as pernas de fora, já cumpriram com sua função natural de receber esperma, putas que adoram rebolar a bct na pica de macacos, e não tem mais nada o que fazer nesse mundo.

Vagabundos das área das humanas, são os mesmos maconheiros filinhos de papai que passam a vida inteira vomitando esquerdismo, marxismo, fumando maconha, pedindo legalização da maconha, direito dos gays, brigam com policiais, passeatas e parasitando o estado com outras coisas a mais...

O Brasil não perdeu nada com esse massacre, pelo contrario, D-us os exterminou, tal como foi feito com Sodoma e Gomorra, esses 245 mortos eram tão comunistas que quiseram até sair sem pagar como forma de protesto ao capitalismo.

Tiveram o que mereceram.

Como todos sabemos, um universitário vagabundo de hoje, escolhe um curso fácil das humanas, vivem fazendo festinhas, e vagabundas passam o dia todo rebolando na pica de negros.

Hoje qualquer lixo universitário tem direito a prisão especial, enquanto um homem branco de bem inocente que vai preso, ainda corre o risco de ter o cu estuprado por negros gays macacos, ainda ele correndo risco de ter aids que é uma doença gay, cá entre nos um homem que sente prazer com outro homem só pode ser gay, já dizia o ditado popular: Você vai ser estuprado por um negro no presidio. Com isso o povo sabe até de forma inconsciente que na cadeia só tem negros e gays.

Os sobreviventes de tão drogados acharam que depois o fogo fosse apagado a farra ia continuar, não ligando assim, para seus amigos drogados que foram queimados, depois reclamam que fecharam a porta da boiada para o matadouro.

Dilmona sapatão vem pro Brasil para fazer uma média politica, porque aprendeu com o erro de George Bush, não se iludam."

No mesmo dia denunciei a comunidade ao Ministério Público Federal-Procurador Geral da República, ao Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul e a Procuradora Janice Ascari (endereços no Twitter @MPF_PGR, @MPF_RS e @JaniceAscari). Nenhuma providência foi tomada até o presente momento. A comunidade criminosa, ofensiva continua aberta no Orkut.

O MPF/PGR disse-me que não aceita denuncias através do Twitter. O MPF-RS nem respondeu a mensagem. A Procuradora Janice Ascari afirmou que tomou algumas providências e que uma denuncia formal teria que ser enviada ao MPF/PGR, pois a conta do Twitter não foi criada para esta finalidade.

Qual é o fato relevante neste caso? A NOTÍCIA DE UM CRIME FOI DADA A ÓRGÃOS PÚBLICOS NO TWITTER. O MPF/PGR e a Procuradora confirmaram o recebimento da notícia. Mesmo o crime contra a memória das vítimas e contra a sociedade continua sendo praticado.

Que conclusão podemos extrair deste pequeno episódio? Que o Twitter só serve para os órgãos públicos despejarem LIXO VIRTUAL na internet. Quando alguma providência realmente importante é requisitada pelo cidadão usando o canal de comunicação criado pelo próprio órgão público no Twitter, a reclamação é sumariamente rejeitada. Tudo se passa como se a manifestação do cidadão fosse irrelevante ou como se sua reclamação não existisse. Pior, o fato mesmo noticiado é ignorado como se fosse irrelevante.

A ocorrência de um crime é fato irrelevante? Desde quando os agentes públicos encarregados de combater o crime podem ignorar a notícia do mesmo? Se o Twitter não serve para nada além de despejar irrelevâncias públicas na internet, qual a finalidade do gasto que o Estado tem para manter servidores públicos Twittando o dia inteiro?

Foi a burocracia, segundo Max Weber, que permitiu às sociedades civilizadas se diferenciarem das primitivas, atingindo um elevado grau de organização estatal com maior eficácia das ações públicas. Esta definição de Max Weber não serve para o Brasil. Aqui a burocracia só serve a si mesma. Cá o atendimento do cidadão não é considerado o fundamento da existência e organização do Estado. No limite, quando reclama ao Estado o cidadão brasileiro é considerado um elemento de perturbação da ordem, pois o progresso burocrático não existe para atendê-lo e sim para cuidar de seus próprios procedimentos. Dentes os mesmos, permitir que crimes continuem a ser cometidos caso "os canais apropriados" não sejam utilizados.

O Twitter não é um canal apropriado. Mesmo que a notícia do crime chegue à autoridade pública, ela não tomará conhecimento da mesma (mesmo que a legislação a obrigue a autoridade a agir quando tem conhecimento de um fato criminoso, mesmo que ao descumprir esta obrigação a autoridade cometa o crime de prevaricação).

O Estado brasileiro está de ponta cabeça. E mesmo assim continua pisoteando os cidadãos.