E os telejornalistas brasileiros seguem culpando apenas Assad. Se ele mandasse bombardear as sedes de Globo, Band, Gazeta, Cultura etc... pela Lei da Guerra as mesmas seriam consideradas "legítimos alvos de guerra", pois estão fazendo propaganda descarada dos terroristas a soldo da OTAN/EUA. Pela internet ficamos sabendo que os tais "insurgentes", "combatentes da liberdade" e outros eufemismos usados para designar "terroristas pró-americanos" ou "norte-americanos disfarçados de jihadistas", executam soldados sírios amarrados e jogam os corpos nos rios. Se atacasse seus inimigos no Brasil, além de agir com legitimidade, Assad faria um grande favor a respeitável publico brasileiro que tem sido submetido a doses cavalares de mentiras todo santo dia das 19 até as 22.