RENÚNCIA DE RATZINGER: A EXPRESSÃO DA DISPUTA "INFERNAL" NA MAFIOSA E REACIONÁRIA IGREJA CATÓLICA

Joseph Ratzinger, o Papa Bento XVI, acaba de renunciar surpreendendo os seguidores da Igreja Católica pelo mundo. Esta foi a primeira vez que tal fato ocorreu nos últimos 600 anos (anteriormente somente Gregório XXII renunciara em 1415), já que o mandato papal só se encerra com a morte do Pontífice. A renúncia ocorre às vésperas da Jornada Mundial da Juventude, que irá ocorrer em julho no Rio de Janeiro, o que deixa claro que a decisão foi tomada de forma intempestiva, às pressas e por pressão dos acontecimentos. Para além da idade avançada e da alegada doença que o estava acometendo, o real motivo da renúncia do Papa é a disputa de poder institucional dentro do próprio Vaticano, uma verdadeira máfia que usa batina e crucifixo e fala em nome de um "ser divino". Comenta-se nos bastidores da Igreja Católica, que a renúncia de Ratzinger foi uma "virada de mesa" para ele interferir diretamente na escolha do próximo Papa. É sabido que Bento XVI estava muito enfraquecido depois da prisão de seu mordomo/confidente em maio do ano passado, escândalo logo seguido pela publicação de um livro emblematicamente intitulado de "Vossa Santidade" com vários documentos secretos que o comprometiam. Obviamente estas informações sigilosas vieram de dentro do próprio Vaticano e não por iniciativa de seu funcionário. Depois do ocorrido, a alta cúpula da Igreja Católica foi obrigada a afastar seus assessores mais próximos, assim como seus comandados no Banco do Vaticano, centro de desvio de verbas milionárias, expondo a verdadeira guerra instalada entre as quadrilhas. A desmoralização de Ratzinger estava claramente minando a força dos setores mais conservadores da Igreja Católica, que com sua renúncia desejam entronar um Papa tão ou mais conservador que ele, porém com mais energia e capacidade de ação para impor sua cruzada nesta instituição ultrarreacionária e inimiga visceral dos povos.

Leia este artigo na íntegra no BLOG político da LBI:
 http://lbi-qi.blogspot.com.br/