As relações entre ficção e realidade são bastante interessantes. Quase tudo que os homens imaginaram no passado se tornou realidade. Vidio-conferência, telefones celulares, computadores miniaturizados... tudo isto já foi ficção científica um dia.

"Imagine um mundo em que máquinas de guerra autômatas sobrevoam cidades devastadas disparando mísseis em seres humanos." O tema do filme "Terminator" se tornou uma realidade de certa maneira em algumas cidades do Oriente Médio, onde os EUA empregam Drones para incinerar seus inimigos, suspeitos e até crianças.

Há neste caso uma sutil ironia. Em 1984, quando "Terminator" foi produzido, o presidente dos EUA era o republicano Ronald Reagan. Você se lembra do projeto Guerra nas Estrelas e das guerras sujas na Nicarágua e El Salvador? Muito bem... Mas quem trouxe para a realidade a ficção dos Drones de combate matando seres humanos foi Obama, um democrata.

Isto diz algo sobre o sistema bipartidário norte-americano. Na verdade não existem duas diferentes propostas políticas nos EUA, isto é apenas uma ficção. A realidade, bem mais brutal. Ontem como hoje, sob republicanos ou democratas, só existe um desejo na Casa Branca: o de controlar todos, em todos os lugares usando quaisquer meios.