Os Estudantes Baianos não cercearam a liberdade de expressão da blogueira anti-cubana. O que houve foi o fenônemo físico chamado interferência.

De acordo com a Wikipédia, 'interferência é um fenômeno descrito pelo cientista inglês Thomas Young, sendo que este fenômeno representa a superposição de duas ou mais ondas num mesmo ponto. Esta superposição pode ter um caráter de aniquilação, quando as fases não são as mesmas (interferência destrutiva) ou pode ter um caráter de reforço quando as fases combinam (interferência construtiva).'

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Interfer%C3%AAncia

No caso da manifestação estudantil, houve uma interferência positiva, sendo que o grito de cada estudante reforçou o grito dos demais. Foi uma interferência construtiva. A blogueira estava em outra onda, causando uma interferência destrutiva na manifestação dos estudantes. Mas ela não foi capaz de aniquilar as ondas estudantis.

A liberdade de expressão da agente pró-imperialista só teria sido cerceada se os estudantes tivessem sequestrado-a, prendido-a ou impedido-a de se manifestar, o que não foi o caso. Equívoco da Cynara, cujo texto (Não são os EUA que financiam Yoani; é a esquerda arcaica) é acessável no link abaixo:

 http://www.cartacapital.com.br/sociedade/nao-sao-os-eua-que-financiam-yoani-e-a-esquerda-arcaica/

Isso é elementar no estudo da Física.